viernes, 20 de julio de 2012

Associação Huíla Angola

Hóquei em Patins
Nova direcção da APHP aposta na massificação da modalidade em todos os municípios na Huila (Lubango, e nos restantes 13 municípios da província) . Conta com todo apoio da Federação Angolana de Patinagem (FAP).

Incentivar a prática do hóquei em patins no seio da classe feminina.
"Além disso, queremos apostar nas camadas infantis. Temos no nosso programa a criação de pelo menos 14 escolas onde farão parte crianças, com idades compreendidas entre os 4 e 9 anos, em ambos os sexos. Com isso, pretendemos começar a massificar a modalidade nas escolas”, disse o lider do grupo.



A associação liderada por Hernâni José dos Santos. Tomaram posse Francisco Mesquita como vice-presidente da associação, Carolina Chaves vice-presidente para área de desportos, Phaimba Bravante como vice-presidente para massificação e José Tomas Filipe como secretário-geral.

Existem na província da Huíla três clubes, Escola de Patinagem da Huíla, Condomínio da Mitcha e Escola Primeiro de Dezembro. 


---------------------------------------- 

Angola sin hockey femenino

17-08-2010

Hóquei
Ex-atleta lamenta extinção da classe feminina


Angop

Patrícia Costa, ex-praticante de hóquei em patins


Luanda – O hóquei em patins no sector feminino deixou de ser praticado em Angola por falta de política de desenvolvimento e porque os clubes que possuíam equipas a dada altura se desinteressaram, afirmou hoje à Angop a ex-hoquista Patrícia Costa.


Patrícia Costa, ex-praticante de hóquei em patins



1 comentario:

Ricardo Querido Henriques dijo...

É preciso acreditar que é possível renascer o hóquei feminino Angolano :)

Free counter and web stats Blogs Bang